Histórico da
MANNESMANN S. A.



O grupo Mannesmann AG, sediado na Alemanha, na cidade de DÜSSELDORF, é um dos maiores conglomerados industriais do mundo.

Sua fundação remonta ao ano de 1890, época em que os irmãos alemães Max e Reinhard Mannesmann iniciaram, numa iniciativa pioneira, a fabricação de tubos de aço sem costura, através da laminação de um bloco maciço.

Sua estrutura operacional abrange as seguintes áreas: engineering, automotive, telecommunications e tubes & trading.

No Brasil, com exceção da área de telecommunications, onde a Mannesmann Eurokon participa de um consórcio de licitação da "Banda B" para telefonia celular, as demais atividades do grupo são desenvolvidas por sete empresas localizadas nos estados de Minas Gerais e São Paulo.

Sua atuação no país remonta aos idos anos da década de 50, época em que foi iniciado o processo de exploração de petróleo na América Latina.

Foi a primeira grande empresa a investir significativamente no Brasil, após a 2ª Guerra Mundial.

Neste contexto, onde se inseria a formação da emergente indústria petrolífera nacional, a Mannesmann, após entendimentos com o governo brasileiro e entidades financeiras, fundou em fevereiro de 1952, a Companhia Siderúrgica Mannesmann.

Tendo em vista os campos de atuação da empresa, a nova unidade industrial viria a dedicar-se a fabricação de tubos e produtos derivados - "tubes & trading".

Belo Horizonte foi a localidade escolhida para o desenvolvimento do empreendimento por sua proximidade das grandes jazidas de minério de ferro, posição estratégica junto ao principais mercados consumidores de tubos e aços e disponibilidade de recursos energéticos.

Em 31 de maio de 1952, foi lançada a pedra fundamental da Usina Siderúrgica no Bairro Barreiro, em terreno de aproximadamente três milhões de metros quadrados.

Dois anos mais tarde, em 12 agosto de 1954, foram inauguradas as instalações industriais da Companhia Siderúrgica Mannesmann, onde estiveram presentes o Governador do Estado de Minas Gerais, Juscelino Kubitschek e o Presidente da República, Getúlio Vargas. Naquela ocasião, foi produzido o primeiro tubo Mannesmann sem costura na prensa de extrusão, no Brasil.

A região, que inicialmente era ocupada por pequenos núcleos habitacionais, transformou-se em um grande centro a partir da implantação da nova Usina.

O minério de ferro é o insumo básico de seu processo produtivo. A sua linha de produtos compõe-se de: aços lingotados, aços especiais laminados e trefilados; tubos de aço com e sem costura, tubos comerciais, tubos petrolíferos, tubos trefilados de precisão e tubos para caldeiras.

Em 15 de dezembro de 1977, a razão social da empresa foi alterada para Mannesmann S. A.

A partir de 1994, foi incorporada pela Mannesmannrohren-Werke AG, da Alemanha, responsável por 13% do faturamento global do conglomerado.

Em sua trajetória de quarenta e cinco anos de atividades no Brasil, a Mannesmann S. A. tem atuado nos segmentos de reflorestamento, mineração, siderurgia e comércio, contribuindo para o desenvolvimento econômico de Minas Gerais e do país.

Possui uma das mais modernas instalações do mundo para produção de tubos sem costura até 7 polegadas - a Laminação Contínua RK. Por seu elevado padrão de qualidade, foi contemplada com a certificação da ISO 9002, API e Shell.

RETORNO