Há 85 anos fazendo Minas crescer

FIEMG faz aniversário e comemora atuação em defesa do desenvolvimento da indústria

á mais de oito décadas fazendo Minas crescer. A Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG) completa 85 anos de uma trajetória iniciada em 1933, quando um grupo de industriais mineiros criou a primeira entidade de classe com abrangência estadual em defesa do desenvolvimento do setor.

Os empresários, liderados por Américo René Giannetti, Alvimar Carneiro de Rezende e Euvaldo Lodi, além de sete sindicatos patronais, 25 empresas e um objetivo – “Promover o desenvolvimento e a prosperidade de todas as atividades industriais, atuando em prol de seus interesses e, também, dos interesses do país” – foram os responsáveis pela fundação, no dia 12 de fevereiro de 1933, da entidade que se tornou uma das principais protagonistas no fomento à competitividade da indústria.

Desde que surgiu há 85 anos, o Sistema FIEMG promove o debate de grandes temas nacionais, sobretudo os que têm impacto sobre o desempenho da indústria e das economias mineira e brasileira. A atuação da entidade perpassa temáticas que interferem positivamente na vida de cada cidadão e no desenvolvimento industrial do país, como a aprovação da reforma Trabalhista em 2017 e o atual engajamento para a aprovação da reforma da Previdência neste ano, como exemplos mais recentes.

Ao longo de sua história a FIEMG participou da transformação e evolução da economia mineira. E cresceu com Minas, para apoiar os seus Sindicatos de Indústria – os sete sindicatos da época de sua fundação são hoje 139 – e suas empresas associadas saltaram das 25 de 1933 para mais de 64 mil em todo o estado.

A todas essas empresas, a FIEMG e seus sindicatos oferecem uma gama de serviços técnicos e operacionais para o desenvolvimento empresarial em diversas áreas como Educação; Inovação e Tecnologia; Economia Criativa; Negócios Internacionais; Atração de Investimentos; Competitividade Industrial; Sustentabilidade; Segurança e Saúde no Trabalho e Qualidade de Vida.

A história da FIEMG é marcada por grandes desafios e por conquistas igualmente importantes para Minas Gerais. O primeiro deles foi a Assembleia Nacional Constituinte de 1934, que norteou as bases da estrutura sindical brasileira por várias décadas. De novembro de 1933 a julho de 1934, o Brasil viveu sob a égide da Constituinte encarregada de elaborar a nova Carta Magna do país que substituiria a então Constituição vigente a de 1891. E a atuação da entidade não poderia ser mais exemplar.

Euvaldo Lodi, à época também deputado, foi escolhido por seus pares como relator do capítulo “Da Ordem Econômica e Social”. Como resultado, a promulgação da nova constituição trouxe como consequência a pluralidade e autonomia sindicais.

H

educação e qualidade
de vida

casa da indústria
do futuro

sistema indústria

fazendo minas
crescer

uma só indústria

INDÚSTRIA MINEIRA:

64.320 indústrias

1.130.820 trabalhadores empregados

O maior salão de negócios de moda no país. Parceria do Sistema FIEMG com os sindicatos empresariais e indústrias dos setores de vestuário, bolsas e acessórios, calçados, joias e bijuterias. As próximas edições serão em abril e outubro de 2018.

  • 10 anos, 21 edições.
  • A cadeia produtiva da moda em Minas Gerais envolve
  • 10.899 indústrias, que juntas geram 132.857 empregos.
  • Atração de compradores nacionais e internacionais.
  • Parceria com os sindicatos e empresas do setor, com o Sebrae Minas, com a Confederação Nacional da Indústria/SENAI, com a Codemig e com o Governo de Minas Gerais.
  • 175 missões internacionais.
  • 406 empresas mineiras participantes de missões e feiras internacionais.
  • 92 Projetos Compradores.
  • 6.893 encontros de negócios internacionais.
  • 105 governantes e autoridades internacionais recebidas.
  • Mais de 146 mil emissões de certificados de origem para produtos da indústria mineira.

Mais de R$ 3,1 bilhões em investimentos industriais trazidos para Minas Gerais nos últimos 3 anos.

O Sistema FIEMG investe em ações de sustentabilidade considerando os seus três aspectos: ambiental, social e econômico.

13 unidades SESI-MG de Segurança e Saúde no Trabalho em diferentes regiões de Minas Gerais:

  • Mais de 1,8 milhão de trabalhadores da indústria atendidos em programas de Segurança e Saúde no Trabalho.
  • Mais de 664 mil vacinas contra a influenza aplicadas.
  • Mais de 255 mil de trabalhadores da indústria atendidos no Diagnóstico de Saúde e Estilo de Vida Saudável em 1,6 mil indústrias.
  • Mais de 2,7 milhões de trabalhadores da indústria impactados por campanhas de conscientização em promoção da saúde.
  • Mais de 140 mil trabalhadores atendidos no Programa Indústria Segura, lançado em agosto/2015, abrangendo 681 indústrias.

Atividades físicas empresariais

  • Mais de 370 empresas atendidas.
  • 185 mil trabalhadores atendidos.

Rede SESI de Clubes

  • 17 unidades em diferentes regiões de Minas Gerais.
  • 105 mil associados.

Escolas de Esportes SESI

  • 39 unidades.
  • Mais de 27 mil alunos atendidos.

Circuito SESI de Corrida de Rua

  • 10 cidades.
  • Mais de 8 mil inscritos

Jogos SESI

  • Mais de 18 mil industriários e 600 empresas participantes nos Jogos SESI.

Av. do Contorno, 4456 - Funcionários

Belo Horizonte - MG - CEP 30110-028

www.fiemg.com.br

CIEMG - Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais

O Centro Industrial e Empresarial de Minas Gerais (CIEMG) está integrado ao Sistema FIEMG e, há mais de 60 anos, atua em busca de parcerias estratégicas, promovendo a capacitação empresarial e incentivando a geração de novos negócios para a indústria de Minas Gerais.

Os empresários, liderados por Américo René Giannetti, Alvimar Carneiro de Rezende e Euvaldo Lodi, além de sete sindicatos patronais, 25 empresas e um objetivo – – foram os responsáveis pela fundação, no dia 12 de fevereiro de 1933, da entidade que se tornou uma das principais protagonistas no fomento à competitividade da indústria.